Download!Download Point responsive WP Theme for FREE!

Finger food -o que seria?

O que seria finger food ?

Na tradução ao pé da letra, o termo inglês finger food significa “comer com as mãos”, mas com o passar do tempo o termo também foi adquirindo outros significados, como “salgadinhos”. Então o finger food nada mais é do que os canapés (e outras guloseimas) que são servidos em um casamento. E este tipo de serviço é ótimo para quem vai fazer o casamento em casa ou em um salão, mas que não conseguirá acomodar todas as pessoas sentadas em mesas, para que degustem com conforto uma refeição completa.

Delicadeza e estilo define finger food . A comida em pequena proporção e tamanho sempre ocupou um papel importante nas recepções de casamento. Foi-se o tempo em que salgadinho de festa era o único tipo de comida de casamento. Nada contra! Os salgadinhos são sempre deliciosos e para muitos não podem faltar.

Outras comidinhas dividem as atenções e fazem sucesso nas festas de casamento, são as famosas batatinhas azedinhas, canapés quentes ou frios. São estilos aperitivos, mas sofisticados.

A cada dia, cria-se novos sabores, com diferentes apresentações. Esse é o caso do finger food goumert– aperitivos.

Moda da alta gastronomia, agora, o finger food goumert é parte integrante de quase todo serviço buffet.

Finger food, originalmente, é o tipo de comida que dispensa talheres (na maior parte dos casos) para, literalmente, ser comido com as mãos. Com dimensões pequenas, com o conceito da gastronomia “mini” (porções individuais e pequenas), são comidinhas para petiscar com estilo.

Isso não quer dizer que qualquer coisa em pequena quantidade é finger food . Essa comidinha possui combinação de sabores, estrutura e o mais importante: uma apresentação impecável.

Qualquer coisa fica sofisticada se possui excelente apresentação (em termos de gastronomia). É a cara do contemporâneo!

Batatinha na colher, azeitona + queijo no palito, canapé, tortinha, mini-sanduíches, tacos + patê, palito com carne, rolinho primavera, brusquetas, almôndegas estilizadas, saladinha no copo pequeno, escondidinho, polenta, brigadeiro/mousse em copo pequeno são alguns tipos de finger foods goumerts que são “pratos comuns e tem muitos outros.

Para falar a verdade, até os salgadinhos estão ganhando esse estilo, no conceito de especialistas da gastronomia.

Uma maneira divertida de servir os convidados na recepção de casamento (festa, coquetel)! Pode ser até uma ideia interessante para chá de panela, para uma festinha com padrinhos/madrinhas,  chá bar ou até mesmo, para receber uma pessoa em casa.

Cada vez mais, as noivas estão “colocando a mão na massa” e criando várias coisas do casório. Há inúmeras receitas de finger food goumert e, embora pareça algo extremamente sofisticado de fazer, muitos “pratos” são bem simples.

Para mim, esse tipo de comida é quase uma decoração do casamento, de espetacular!

A experiência da alimentação não se dá apenas pelo paladar. Há outros elementos sensoriais envolvidos na degustação, como o olfato, a visão e o próprio tato.

Então vamos dar alguns exemplos aqui pra você:

1116074

festa de casamento

festa de casamento
festa de casamento

Finger Food - Gratinado de Frango-Waldir Buffet & Salgados

ec1d3f639058cc92a4414dbc01d3e0e6

Na tradução ao pé da letra, o termo inglês finger food significa “comer com as mãos”, mas com o passar do tempo o termo também foi adquirindo outros significados, como “salgadinhos”. Então o finger food nada mais é do que os canapés (e outras guloseimas) que são servidos em um casamento. E este tipo de serviço é ótimo para quem vai fazer o casamento em casa ou em um salão, mas que não conseguirá acomodar todas as pessoas sentadas em mesas, para que degustem com conforto uma refeição completa.

3-stuffeddateswrappedinbacon-shutterstock_273576716

E além da praticidade, o finger food ainda é capaz de deixar seu casamento muito mais charmoso, caso você opte por pequenas porções de alimentos servidos em recipientes enfeitados ou mesmo com a bandeja dos garçons bem enfeitada e decorada com temas específicos, por exemplo, para cada tipo de alimento.

Agradeço a atenção e aguardo vocês nos próximos posts, falaremos mais sobre essa tendência. Andrezza Pereira.

 

Postar Comentários

Comentários

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *